Publicado por: SóCurriculos.com
Data de Publicação: 16/11/2012

Comportamento pessoal e profissional, é possível separar ?

 

Diversos coachs são unânimes em afirmar que não dá para ter problemas sérios no trabalho e chegar em casa sorrindo.

 

O ser humano sempre foi colocado à prova sobre essa questão. Separar o lado pessoal do profissional. Desligarmos de nós mesmos e passarmos a ser duas pessoas ao mesmo tempo? Isso é praticamente impossível, pois nosso inconsciente nos lembra que temos missões, projetos, trabalhos, problemas, decepções, alegrias, enfim, sentimentos que nos movem e nos incentivam a seguir em frente.

 

Diversos coachs são unânimes em afirmar que não dá para ter problemas sérios no trabalho e chegar em casa sorrindo, ou chegar animado no trabalho com um problema sério em casa, mas que é necessário um controle... um jogo de cintura.

 

“É como um filme que passa em nossa memória, às vezes estou no trabalho fazendo algo importante e surge de repente as imagens de algum problema que estou enfrentando, nem precisa ser grave, mas não deixa de estar ali, com a gente, na nossa cabeça”, afirma Andréia S. Gonçalves, secretária.

 

Já a estudante de arquitetura e urbanismo consegue separar o lado profissional, a faculdade e o lazer. “É possível sim separar o nosso trabalho do lado pessoal, principalmente quando estou no meu horário de lazer, se ficarmos pensando nos nossos problemas direto não temos nossos horários de lazer”, explica.

 

É essencial que as empresas estejam preparadas para esse tipo de comportamento. Mesmo sendo difícil é aconselhável tentar separar o pessoal do profissional no trato com o próximo. E aprender com as situações, por mais difícil que pareçam, é essencial, principalmente, a tolerância.

 

“Eu acredito que há como dissociar uma coisa da outra, não tem como você passar por uma porta e deixar de lado uma ou outra parte da sua vida. Está tudo dentro de você, na sua cabeça e no seu coração. Quando não existem problemas é possível e até saudável se desligar um pouco. Se desligando da vida pessoal o trabalho pode render mais e melhor, se desligando do trabalho, as energias se renovam e a qualidade de vida melhora”, explica Taisa Berlingieri, psicóloga e gerente do Sistema Prever de Jaboticabal.

 

De acordo com a psicóloga Lucy Barbosa, é importante separar o lado pessoal do profissional. “Ainda que seja difícil não pensar no trabalho estando em casa e vice-versa, é necessário ter um planejamento para conseguir separar o trabalho da vida pessoal, ou o profissional.”

 

 Ela sugere ainda como pode ser separado os dois lados, e afirma que isso pode ajudar, pelo menos vale à pena tentar. “Penso que estruturar a semana com metas a atingir é interessante para poder dar conta do profissional,  sem perder de vista o lado pessoal também. Traçar estas metas é uma forma interessante de vivenciar os dois lados da vida, não deixando de lado nenhum dos dois, é claro, e com as metas traçadas no dia-a-dia, pode -se viver o agora - o dia de hoje”, finaliza Lucy.

 

Fonte:

URL: http://tribunaregiao.com.br/cotidiano/noticias.php?idNot=16351

Autor: Poliana Taliberti